Em Araranguá e Sombrio, procura cresceu muito nas últimas semanas, levando o quantitativo disponível para uma semana ser extinto em dois dias. Mesmo assim, cuidados ainda não são levados a sério

Região

Como já era esperado, com a explosão de novos casos de Covid-19, a busca pela vacina aumentou nos postos de saúde da região. Em Sombrio, filas se formam em busca das doses de reforço, levando a ser aplicado em dois dias o quantitativo disponível para a semana inteira. “Em dezembro a procura foi muito baixa, tivemos até que transferir doses porque ia vencer no dia 23. Levamos para outros municípios para não perder”, relata Andrea Simon, enfermeira coordenadora do setor de Imunização no município.
O público que mais está procurando as doses são do grupo com 40 a 60 anos.
Em Araranguá, o cenário é o mesmo, mas é a procura por primeiras e segundas doses que mais cresceu. Conforme a enfermeira Vera Lúcia Leal de Oliveira, que coordena os trabalhos de imunização na cidade, há até idosos com mais de 80 anos buscando as primeiras doses recentemente.
As duas concordam em uma coisa: mesmo com o aumento de novos casos e a busca pela vacina, há quem ainda se descuida, inclusive nos próprios postos de vacinação. “Só querem se vacinar. Muitos vêm até sem máscara, não fazem distanciamento”, reclama Andrea.
Para ela, é preciso mais consciência e pensamento no próximo, já que os trabalhos de orientação continuam intensos e incessantes.

0 Comentários

Comente essa publicação