Empresários e autoridades participaram de audiência pública e estão otimistas quanto a vinda de empresa para região

A Associação Comercial e Industrial de Sombrio, Acis, sediou, na última semana uma audiência pública com investidores internacionais, buscando atrair empresas para o município. Diversas autoridades políticas, como deputados e vereadores, além do prefeito Zênio Cardoso, estiveram presentes. A comitiva foi recebida pelo presidente da associação, Gustavo Veiga, em Florianópolis, na quarta-feira, e veio a Sombrio nesta quinta, onde visitou o parque industrial do município.

Os investidores que visitaram a região são da empresa The Lion Match Company, vieram da África do Sul, e atuam em um segmento misto voltado ao setor alimentício. Os planos, segundo o representante da empresa, Rodrigo Veiga da Silva, são audaciosos e a curto prazo. “Sabemos que o mercado já existe, os clientes compram produtos semelhantes aqui no Brasil, e queremos buscar novas possibilidades. A ideia inicial é fazer uma distribuição local, e num espaço de curto a médio prazo, trazer nosso parque industrial para o Brasil”, revela. Porém, ainda segundo ele é preciso analisar todas as opções antes da empresa bater o martelo. “A instalação deve ser bem pensada, porque estamos falando do mercado nacional e regional na América do Sul. Assim como nós atuamos em todo o continente africano, seria no Brasil também”, pontua. Os empresários ainda falaram sobre o que levarão em conta antes de decidir em qual cidade irão se instalar, analisando o potencial logístico, posição quanto a portos e aeroportos, e outros fatores.

O presidente da associação, Gustavo Veiga, ficou otimista com a reação dos investidores frente ao que viram na Amesc. “Temos um bom relacionamento com eles, estamos entre duas capitais, eles gostaram daqui e da recepção que tiveram e já estão de olho no Brasil há cinco anos. Vão pensar com carinho em  Sombrio”, comentou.

Sobre a força interna para atrair a empresa, Veiga declarou que conta com a colaboração do município juntamente com o governo estadual. “O estado vai tentar nos ajudar, se disponibilizaram e pediram ao governo municipal que ajude a atrair a empresa. Porque se o município não quiser, a empresa não vem”, disse.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Lucas Esmeraldino, foi representado pelo executivo da SC PAR, Marcos Sabino, que garantiu que o estado deve colaborar para receber bem novas empresas em seu território. “O estado está alinhado, de portas abertas às empresas, com ideia de facilitar novos negócios dentro de Santa Catarina”, declarou.

O prefeito de Sombrio, Zênio Cardoso, enalteceu a ideia da associação, e acredita que a possibilidade de uma empresa estrangeira se instalar na Amesc ajuda a desenvolver a região. “É uma iniciativa da Acis, que trará investidores, e eles estarão vendo não só Sombrio, mas as potencialidades da região, tudo o que temos de bonito e atraente”, diz.

Publicações relacionadas

0 Comentários

Comente essa publicação