Em coletiva, no final da tarde, a vice-governador Daniel Reinehr (sem partido) anunciou as primeiras mudanças em seu secretariado.

Mantém no governo três secretários que já estavam no governo de Carlos Moisés (PSL).

Permanecem Luiz Fernando “Vampiro” Cardoso (MDB) na Secretaria da Educação, Altair Silva (PP) na Secretaria da Agricultura e Paulo Eli na Secretaria da Fazenda.

Com isto, Silvio Drevek (PP) e Dirce Heiderscheit (MDB), permanecem como deputados.

Leodegar Tiscoski (PP), 4º suplente de deputado federal na coligação PSD/PP/PV, assume a Secretaria da Infraestrutura e Mobilidade (que já ocupou o cargo em governo do PP). Sai o major PM Thiago Vieira. Tiscoski mora em Florianópolis mas é de Sombrio.

Gerson Schwerdt assume a Secretaria da Casa Civil, vaga aberta com a saída de Eron Giordani (PSD), do grupo político de Júlio Garcia (PSD).

Carmem Zanotto (Cidadania) assume a Secretaria da Saúde com o aval do senador Jorginho Mello (PL), que deve levar a deputada para o PL. Quem vai a Brasília é a suplente Norma Pereira (PSDB), da coligação PSDB/Cidadania/PTB/DC, que assume em virtude da morte do ex deputado Marco Tebaldi. Deixou a pasta André Motta Ribeiro.

Miguel Bertoline assume a Secretaria da Comunicação, e sai Jefferson Douglas da Silva.

Na casa militar entra o ten. cel. Alessandro Marques Casa e sai o ten. Cel. André Alves.

O Procurador Geral do Estado (PGE) será Dagoberto Brião, na vaga de Alisson de Bom, que é de Araranguá.

Haverá mais mudanças.

 

PL CRESCE

No embalo da saída de Carlos Moisés (PSL) e entrada de Daniel Reinehr, o Sargento Lima deixou o PSL e foi para o PL de Jorginho Mello, que passa a contar 5 deputados: Ivan Naatz (ex PV), Maurício Escudlark, Nilso Berlanda e Marcius Machado). Elegeu 3 em 2018 e trouxe mais 2 deputados.

 

MAIS NOMES DO SUL?

Por ora, cotado para o governo, está o ex prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo, que também seria indicação de Jorginho Mello.

Lucas Esmeraldino (sem partido) deixou a Secretaria de Articulação Nacional e a vaga está em aberto.

Há a expectativa de o deputado estadual Laércio Schuster (PSB) assumir algum espaço para subir o suplente Cleiton Salvaro (PSB), mas a chance é remota, porque ele estará no tribunal misto que julgará em definitivo Moisés.

O ex prefeito de Praia Grande, Henrique Maciel (PSL), que está na diretoria de planejamento da Santur, deve sair do cargo.

 

FORA DA LIDERANÇA

O deputado estadual Zé Milton (PP) foi à tribuna da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (30), e informou sua saída da liderança do Governo de Carlos Moisés.

“Quando fui chamado pelo governador, Carlos Moisés, para assumir a liderança do governo, vim com a missão de construir um processo de reconciliação entre o Governo, o parlamento, e a sociedade catarinense. E trabalhei na busca do consenso e a promoção do bem comum”, enfatizou Zé Milton.

Falou do aumento de leitos de UTI, e dos investimentos de R$ 1,4 bilhão em linhas de crédito, reduzidos e subsidiados pelo governo para as micro e pequenas empresas.

 

SAI PSL, ENTRA PP

Nesta terça-feira (30), a deputada federal Angela Amin (PP) assumiu o comando da Frente Parlamentar Catarinense (16 deputados e 3 senadores). Saiu Daniel Freitas (PSL), que ficou de março a março, ou seja, sempre na pandemia.

Os Amin estão na lista de aliados de Jair Bolsonaro (sem partido), e que trocou de uma vez 6 ministros para agradar ao Centrão.

ARARANGUÁ SEM FERIADO

Como antecipado pela coluna, foi aprovado o projeto encaminhado pelo Poder Executivo a pedido da Câmara de Dirigentes Lojistas (PSL), foi aprovado na Câmara. Foi por unanimidade. A coluna apontava que poderia ter 1 voto contra, mas não houve.

O comércio está autorizado a abrir no sábado de Páscoa, 3 de Abril, que também é de comemoração pelos 141 anos de emancipação político-administrativa de Araranguá.

 

LUTO EM ERMO

Nota triste desta terça-feira (30) foram as despedidas finais do ex vice-prefeito Donato Della Vecchia (MDB), pai do atual prefeito Paulinho Della Vecchia (MDB). Em poucos dias perdeu o pai, que sofria do mal de Alzheimer, e o sogro, o ex prefeito José Brina Tramontin (PP), que perdeu a luta para o câncer.

 

A VERBA DAS UTI’S

O valor de R$ 1,5 milhão anunciado pelo governador Carlos Moisés está no Núcleo de Gestão de Convênios – NGC/NARU, em Araranguá. O valor foi solicitado ao município de Sombrio, através do Fundo Municipal de Saúde, os documentos necessários, para preenchimento de proposta, para a continuidade do Programa e objeto do mesmo.

Para que a nova promessa de Moisés seja efetivada em tempo hábil, o FMS deve providenciar a proposta e depois uma série de documentos.

Já há outro projeto parado no NGC há cerca de dois anos que vai e volta, e não consegue ser concluído, que é no valor de R$ 500 mil para reforma da UTI do Hospital Dom Joaquim – HDJ.

 

ELEIÇÃO NA CEJAMA

Em Jacinto Machado, a chapa 2 para o Conselho Fiscal da Cejama foi indeferida e tenta reverter a decisão na justiça. A eleição foi transferida para 8 de Abril, mas ainda pode mudar por causa do decreto do governo.

 

ORLEANS-URUSSANGA

O delegado Ulisses Gabriel e o Delegado Márcio Neves assumem a Comarca de Urussanga. Em Orleans assume o delegado de Polícia Civil de Orleans, Dr. Fernando Guzzi.

0 Comentários

Comente essa publicação