A prefeitura de Maracajá, por meio do Departamento de Assistência e Bem-Estar Social, está com inscrições abertas para os cursos do Programa de Formação para Mulheres.

Destinado somente para mulheres de 14 a 69 anos, o programa quer promover a autonomia econômica, cultural e social, e nesta etapa oferece 76 vagas para os cursos de alimentação e gastronomia; jardinagem, artesanato, vendas e assistente administrativo, informática, costura e cuidadora de idosos.

As interessadas devem comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) até sexta-feira, dia 5, das 8h às 12h e das 13h às 17h, portando documentos de identidade, CPF e comprovante de residência.

Segundo a diretora do Departamento de Assistência e Bem-Estar Social, Suelen Calegari Monteiro Zandonadi, as vagas acabaram sendo reduzidas para que seja cumprido o Plano de Contingência de prevenção ao Covid-19. Além disso, alguns cursos são disponibilizados nos períodos vespertino e noturno, facilitando assim a participação daquelas que não podem à tarde.

“Durante a nossa gestão vamos priorizar a qualificação profissional, pois dessa maneira incentivamos às mulheres a buscarem conhecimento, melhorar a auto-estima e qualidade de vida e ainda ajudar na renda familiar”, enfatizou o prefeito Anibal Brambila.

O Programa de Formação para Mulheres é realizado em parceria com a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres e Governo Federal.

 

Educação realiza escolha de vagas para profissionais de ensino

 

O Departamento Municipal de Educação e Cultura de Maracajá realizou nesta segunda-feira, dia 1º, a escolha de vagas dos aprovados no Processo Seletivo Simplificado para os cargos de Professores e Auxiliares de Ensino da Educação Infantil. O Processo Seletivo Simplificado disponibiliza 41 vagas, em diversas funções dentro da Educação.

“Além da contratação dos profissionais, o Departamento de Educação também está trabalhando no retorno das aulas presenciais da Rede Municipal de Educação, com todas as diretrizes para o retorno com segurança à sala de aula, seguindo às medidas sanitárias determinadas no Plano de Contingência para Educação (PlanCon)”, explicou o Diretor de Educação Daniel de Souza. 

O retorno das aulas em Maracajá, estava previsto para esta segunda-feira, dia 1°, mas acabaram sendo suspensas por causa do aumento no número de novos casos de Covid-19.

As aulas serão realizadas de forma remota (on-line), sendo que esta semana, o material será disponibilizado na Plataforma IntecEdu para as turmas de 4º ao 9º anos, das três Escolas Básicas de Maracajá. Já os alunos da Educação Infantil, e do 1º a 3º anos, receberão o material via WhatsApp. “Nestas duas semanas as aulas serão realizadas de forma virtual. Já o retorno presencial de todas as redes municipais do Extremo Sul deverá retornar após decisão dos prefeitos”, finaliza Daniel. 

0 Comentários

Comente essa publicação