A administração municipal de Araranguá divulgou um alerta nesta segunda-feira, dia 22, sobre a cobrança indevida de empréstimos consignados que está sendo denunciada por pensionistas e aposentados ao Procon do município.

Segundo o alerta, ao conferir o extrato bancário mensal, a vítima constata uma operação chamada “CRED TED”, com entrada de valores desconhecidos que pode ser a liberação de valores referentes a um empréstimo consignado não solicitado. 

O Procon aconselha que, caso a constatação seja feita, a vítima deve procurar o órgão da sua cidade munido de extrato bancário, documento de identidade e comprovante de residência para efetuar a reclamação e solicitar o cancelamento do contrato e boleto para a devolução dos valores. “Nunca faça devolução de valor por meio de transferência ou depósito em nome de pessoa física ou CPF. Se foi efetuado um contrato, mesmo indevido, foi por uma instituição financeira, um banco, e o valor deve ser devolvido para este banco pelo seu CNPJ”, recomenda o Procon.

O órgão ainda diz que, ao efetuar o saque de seu benefício e notar qualquer diferença de valores, pensionistas ou aposentados devem verificar antes o motivo dessa diferença. “Se percebeu um valor a mais, não gaste e/ou não saque sem antes saber de onde vem a diferença. Se você não efetuou o pedido de valor, o mesmo deve ser devolvido para depois não haver as cobranças de parcelas em seu benefício”, completa.

O Procon de Araranguá fica em anexo à Prefeitura Municipal de Araranguá, e funciona das 13h30min às 17h30min. Informações podem ser pedidas através do  (48) 3521-0945. 

0 Comentários

Comente essa publicação