AS NOMEAÇÕES PUBLICADAS DA PREFEITURA DE ARARANGUÁ

Os primeiros cargos comissionados de Araranguá já tiveram seus nomes publicados de forma oficial. Na função de secretários ou cargos equivalentes estão Volnei Roniel Bianchin da Silva, Secretário de Administração; João Inácio Barbosa – Secretário de Finanças; Emerson Heitor de Almeida – Secretário de Planejamento, Indústria e Comércio; Alfredo Afrânio Ronconi – Secretário de Obras, Viação e Serviços Urbanos; Henrique Peter Michael Besser – Secretário de Saúde e Gestor do Fundo Municipal de Saúde; Mariluce Rodrigues da Silva Bilck – Secretária de Educação, Cultura e Esportes; Cláudia Lima Pastorini Andrade – Secretário de Assistência Social e Habitação; Jairo do Canto Costa – Diretor Geral do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto – SAMAE; Daniel Menezes de Carvalho Rodrigues – Procurador Geral do Município; Maureci Raul Rodrigues – Diretor Superintendente da Fundação Ambiental do Município de Araranguá – FAMA; e Karen Suyan Clezar Borges – Chefe de Gabinete do Prefeito e Assessora (interina) de Imprensa e Comunicação Social. Ainda não aparece a nomeação de Giancarlo Soares de Souza como Procurador Geral do Samae.

 

OS POSTOS DE DIRETORIA

Cristiana Rzatki da Silva de Souza – Diretora do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon, que foi candidata a vereadora pelo PSD, esposa do advogado Aldryn Luciano, Cris ocupava o mesmo cargo no governo de Mariano Mazzuco (PP). O engenheiro Cristiano Coral é o Diretor do Departamento de Obras e Serviços Urbanos. Ele foi candidato a vereador pelo MDB. Também ocupou cargo no governo anterior. Moacir Pinheiro da Silva é o Diretor do Departamento de Compras. Foi também candidato a vereador pelo MDB. O prefeito César Cesa (MDB) fez a opção de manter Micheline Vargas de Matos Rocha, que já ocupava o cargo, como Diretora do Departamento de Cultura. Márcio Michel Jumes de Sousa, que ocupou a mesma função na ADR Araranguá e na Prefeitura de Maracajá, é o Diretor do Departamento de Licitações. Fernando Triches dos Santos é o Assessor Jurídico Trabalhista

 

OS POSTOS DE CHEFIA

Jean da Rocha, que era do PL, e optou por ficar no governo de Mariano Mazzuco Neto (PP), também ficou na Administração no cargo de Chefe do Serviço de Fiscalização de Obras. Antenor da Silva, que trabalhou no setor de Turismo quando Helen Becker era a diretora, é o novo Chefe de Serviço Fotográficos do Gabinete do Prefeito.

 

A COMISSÃO DE LICITAÇÃO

A Comissão Permanente de Licitações e Julgamento, da Administração Municipal de Araranguá, foi formada pelos servidores municipais: 1 – PRESIDENTE: Márcio Michel Jumes de Sousa; 2 – MEMBRO: Márcio Alessandro Farias; 3 – MEMBRO: Eliziane Aparecida Daumann; 4 – SUPLENTE: Gesse Espíndula Gomes; e 5 – SUPLENTE: Letícia Machado Zuanazzi da Silva.

 

SERVIDOR LICENCIADO

O servidor José Roberto Mendoza Trevisol, admitido em 27/01/1998, se afastou pelo prazo de 02 (dois) anos, para tratar de assuntos particulares.

 

OBRAS DA NOVA PONTE

O prefeito de Araranguá, César Cesa (MDB), tem agenda marcada para terça-feira (12) com a Trilha Engenharia Ltda, empresa que venceu a licitação para a construção da quarta ponte, cujo valor da licitação era de R$ 11.385.258,63, mas acabou com deságio de R$ 2,5 milhões. A ponte era uma das pautas da Amesc. César conversou com Moacir Teixeira (MDB) na posse do novo presidente da Associação sobre novas demandas para Araranguá.

 

NOVO CALÇADÃO

César Cesa (MDB) irá discutir o novo projeto do Calçadão com os lojistas. Uma das coisas que não abre mão é de manter o piso com mosaico de petit pavet.

 

NOVO PAÇO PARA O PASSO

O prefeito de Passo de Torres, Valmir Rodrigues (PP), conversou com o deputado estadual Zé Milton (PP) para intermediar a busca de recursos para construção de uma sede própria para a Prefeitura. A obra deve custar de R$ 2 a 3 milhões e deverá ser buscada junto ao governo do Estado ou então junto ao gabinete de Esperidião Amin (PP). Esta obra poderia significar uma economia de R$ 20 mil em aluguel do prédio e de salas. Na foto, Valmir, Fanica (prefeito de Praia Grande) e Zé Milton.

 

OBRAS PARA O PASSO

Sobre a situação financeira de Passo de Torres, o ex-prefeito Jonas Gomes de Souza (MDB), assim definiu o momento atual: “Existe um financiamento de R$ 5 milhões. As obras estão em execução e serão pagas em 20 anos. Dentro do mandato atual uma parte, logicamente, será paga, mas não chega neste valor”. Os recursos são do Programa Avançar Cidades para obras de mobilidade urbana, que contemplaram a praia de Bella Torres, o Estaleiro e o Centro do município. Na Bella Torres e Estaleiro já iniciaram as obras. O ex-prefeito deixou um montante de recursos para o novo prefeito executar em obras. Do Programa Avançar Cidades, inclusos nos R$ 5 milhões para executar e finalizar estão: 500 mil revitalização do entorno da Lagoa da Tapera; 250 mil revitalização do entorno da Ponte de Concreto; 350 mil construção do CRAS; 300 mil construção de salas de aula no CEI Santolino Gonçalves; 100 mil construção sala de aula na Escola Vila Nova; 250 mil compra de equipamentos de informática para escolas; 150 mil melhorias nas unidades de saúde do município; 100 mil trator para a agricultura; 100 mil pavimentação rua da Rosa do Mar…) e mais ainda 4 milhões para uma escola padrão FNDE com 12 salas-de-aula. “[…] ao assumir em 2017, nenhum projeto existia em andamento, ou seja, comecei do zero, executei várias melhorias, paguei em torno de 4.5 milhões em financiamentos e dívidas e estou deixando em torno de 10 milhões em obras para executar”.

 

NO COMANDO DA EDUCAÇÃO

Daniel Souza, o professor Chicão, é o diretor de Educação de Maracajá. Ele é o primeiro suplente de vereador do PDT. Nas eleições de 2016 foi candidato a vereador pelo PCdoB. Migrou para o PDT por causa da mudança causada pelo fim das coligações proporcionais.

 

VETOS MANTIDOS

O ex prefeito Mariano Mazzuco (PP) vetou 2 emendas do vereador Jair Anastácio (PT) ao orçamento de 2021 – uma para esportes, outra para saúde animal. Os vetos foram analisados em uma sessão extraordinária quinta-feira (7) na Câmara de Vereadores de Araranguá. Precisaria de 8 votos para derrubar os vetos e manter as emendas. A bancada governista foi orientada a manter o veto e a nova oposição (PP, PDT, PT e Podemos) queria manter as emendas. A estratégia do governo foi de não votarem todos. Paulinho (PSD) se absteve e evitou o empate. Se empatasse o presidente Diego Pires (PDT) poderia ter desempatado e manter as emendas de Jair. Não há aqui um grande prejuízo porque ambas rubricas já existem e o prefeito César pode destinar recursos para Olibar e para um banco de ração.

 

PAUTA DO CIDADANIA

O partido irá se reunir esta semana para avaliar o índice do aumento dos tributos devido a utilização do IGPM como indexador.

 

LUTA PELA VIDA

A família e os amigos do empresário Giovani Elias, do Grupo Contempla, estão pedindo orações pelo seu restabelecimento. Ele está no Hospital da Unimed em estado grave.

 

GABINETE MOVIMENTADO

O prefeito de Turvo, Sandro Cirimbelli (PP) escalou seu vice-prefeito, Osvaldo Fávaro (PP), para cuidar das demandas de Obras e Agricultura. Na última semana, ambos receberam juntos no gabinete do prefeito o pai do vice Dirnei Fávaro, e o tio do prefeito, professor e maestro Luiz Ângelo Cirimbelli, autor da música do hino de Turvo, que tem como autor da letra o padre Agenor Neves Marques. Luizinho também é o autor da melodia do hino de Jacinto Machado, cuja letra foi feita pelo ex-prefeito de Jacinto Machado.

 

MUDANÇA NA CERSUL

Quando o prefeito de Turvo, Sandro Cirimbelli (PP), resolveu sair da vice-presidência da Cersul, teve que renunciar ao cargo. O contador Fábio Bardini (PP) assumiu a vice-presidência junto de Jonnei Zanette (PP).

0 Comentários

Comente essa publicação