O candidato a vereador em Araranguá, Jacinto Dassoler, divulgou nesta terça-feira, dia 10, uma nota sobre a gravação em que eleitoras vendem seus votos para um homem, que supostamente seria ele. O candidato alega que foi vítima de fake news, e que vai tomar as medidas necessárias em sua defesa. ““Venho a público informar aos cidadãos e eleitores de Araranguá sobre a existência de uma fake news contra a minha pessoa, em relação a um áudio veiculado na data de ontem (dia 09/11) no whatsApp, a qual apresenta conteúdo que não corresponde a minha pessoa. Motivo pelo qual venho repudiar a sua divulgação e dizer que tomarei as medidas cabíveis. Aproveito a oportunidade para deixar claro que sou totalmente contra a corrupção e qualquer forma de descumprimento da lei e das regras eleitorais vigentes e todo tipo de discriminação. Durante toda a minha vida jamais compactuei com a ilegalidade e tenho a ficha limpa”, diz a nota.

áudio em que as eleitoras vendem os votos de suas famílias a um valor de R$100,00 cada um, vazou e ganhou todas as redes sociais nesta semana.

0 Comentários

Comente essa publicação