ÉSIO ASSUME COMO PREFEITO DE TURVO

O presidente da Câmara de Vereadores de Turvo, Ésio Simão (MDB), assume nesta quinta-feira (1/10), o cargo de prefeito em exercício do município.

Se licenciam o prefeito Tiago Zilli (MDB), que será o coordenador da campanha de Pisca Dagostin (MDB) e Heriberto Schmidt (MDB), e o próprio vice-prefeito Pisca.

Ésio fica como prefeito até 15 de Outubro.

É segunda vez que Simão assume como prefeito interino. Antes, já havia assumido em 2015, na gestão de Ronaldo Carlessi (MDB) e Tiago Zilli (MDB).

 

ANO DE DESPEDIDA

Depois de 3 eleições como vereador, Ésio decidiu deixar a política. Não será candidato este ano. Ele foi eleito presidente da Câmara de Vereadores em 3 oportunidades e todas elas por unanimidade.

 

PP PERDE PSL

De acordo com a juíza eleitoral Thania Mara Luz, não há óbice no pedido do PSL de descoligar-se da coligação “Eu amo Araranguá”, que fica com 5 paRridos: PP, PDT, Podemos, PSB e PT.

A juíza já havia negado a coligação com o MDB, que tem ainda PSD, Republicanos e PSDB, e aguarda o Cidadania para ficar com 5 partidos.

Com isto, o PSL pode até ficar no chamado ‘apoio branco’ ao MDB, e o tempo de rádio e televisão não será agregado a ninguém.

As 3 candidaturas a vereador, inscritas posteriormente, estão sob análise de dependem de decisão da justiça eleitoral. Caso aprovadas, serão em chapa individual, sem coligação com ninguém.

 

TEM QUE JUNTAR

O pedido do PSOL para revisão dos bens do candidato Ricardo Ghelere (PRTB), foi feito em petição individual, quando deveria ter sido junto ao processo de registro da candidatura.

Ghelere deverá refazer a declaração para se adequar ao processo eleitoral.

…………………………………………….

 

PP E MDB: 21 CANDIDATOS

A região da Amesc encerrou o período das convenções e registro das candidaturas com 41 candidatos a prefeito.

O Progressistas foi o partido que colocou mais candidatos a prefeito, 11 (Araranguá; Meleiro; Morro Grande; Jacinto Machado; Turvo; Timbé do Sul; Sombrio; Balneário Gaivota; Santa Rosa do Sul; Praia Grande e Passo de Torres); em segundo lugar veio o MDB com 10 candidatos (Araranguá; Maracajá; Ermo; Jacinto Machado; Turvo; Timbé do Sul; Sombrio; São João do Sul; Praia Grande e Passo de Torres).

Ou seja, PP e MDB, após estas eleições, devem seguir como as maiores forças do Vale do Araranguá. De 41 nomes inscritos, os 2 partidos juntos colocaram 21 candidatos, mais de 50%. Com isto, em tese, os dois partidos devem conquistar nestas eleições 10 ou mais prefeituras. 

O demais partidos colocaram juntos 20 candidatos.

O PSDB tem 5 candidatos a prefeito (Meleiro; Ermo; Turvo; Balneário Gaivota e Santa Rosa do Sul); o PL tem 3 (Araranguá, Meleiro e Passo de Torres); o PRTB tem 3 (Araranguá; Sombrio e Balneário Gaivota); e o PSD 2 (Maracajá e Santa Rosa do Sul).

Outros 7 partidos apresentaram candidato a prefeito nestas eleições; PSOL (Araranguá); PSL (Balneário Arroio do Silva); Solidariedade (Balneário Arroio do Silva); PDT (Balneário Arroio do Silva); Avante (Balneário Gaivota); PSC (Balneário Gaivota); Republicanos (São João do Sul).

 

MDB COM MAIS VICES

O MDB é o partido que mais nomes para vice-prefeito tem na Amesc: são 8 candidatos (Meleiro; Morro Grande; Turvo; Sombrio; Balneário Gaivota; Santa Rosa do Sul; Praia Grande e Passo de Torres); em segundo lugar aparece o PSL, com 6 nomes para vice (Balneário Arroio do Silva; Maracajá; Jacinto Machado; Turvo; Timbé do Sul e Balneário Gaivota); o PP apresenta o vice em 5 municípios (Ermo; Turvo; Santa Rosa do Sul; São João do Sul e Passo de Torres); o PSDB é vice em 4 (Maracajá; Timbé do Sul; Sombrio e Praia Grande);  o PL em 3 chapas puras (Araranguá, Meleiro e Passo de Torres); assim como o PRTB (Araranguá; Sombrio e Balneário Gaivota).

Com um candidato a vice outros 6 partidos: PSOL (Araranguá); Solidariedade (Balneário Arroio do Silva); PT (Balneário Arroio do Silva); Avante (Balneário Gaivota); PSC (Balneário Gaivota); e Republicanos (São João do Sul).

 

NO NOVO MAPA

Esta eleição marcada a redução de tamanho do PSD, que chegou a conquistar 5 prefeituras da Amesc em 2016;

Partidos que já tiveram prefeito e vices, como o Democratas; e vice-prefeitos, como o Cidadania (ex-PPS); e o PSB, que tinha prefeito (Éder Mattos saiu e foi para o PL); sequer colocaram candidatos a prefeito e vice.

O PT, que já comandou Araranguá; Jacinto Machado e São João do Sul; se resume a uma candidatura a vice-prefeito, com Nito de Paula, de Balneário Arroio do Silva.

Por outro lado, o novato PSL, aparece com candidato a prefeito em Balneário Arroio do Silva, Evandro Scaini; e mais 6 nomes para vice.

0 Comentários

Comente essa publicação