Desde que o município de Jacinto Machado confirmou casos de pacientes com o novo coronavírus, a equipe da Secretaria de Saúde iniciou a visita as empresas com o objetivo de orientar sobre os protocolos de segurança para evitar a disseminação do vírus.

Nesta semana os profissionais da área da saúde estiveram em três empresas e aplicaram testes rápidos em cinco funcionários em cada uma delas. Todos deram negativo para covid-19. Além disso, reforçaram as orientações já conhecidas, como usar máscara, higienizar mãos com álcool 70%, distanciamento social e seguir a etiqueta da tosse. “Em um momento como esse, o foco está na saúde das pessoas e no controle desta doença, e as empresas devem contribuir ativamente orientando seus colaboradores”, destaca o secretário de Saúde, Adilson Piva.

O trabalho de orientação segue na próxima semana. “Também temos um Centro de Triagem que atende pessoas com sintomas gripais e suspeitos de coronavírus”, reforça Piva.

O atendimento no local, que fica ao lado da Unidade Central de Saúde, é das 7h às 17h. A noite a Unidade de Saúde fica aberta até as 22h e também realiza o atendimento para estes casos. Depois das 22h e aos finais de semana o atendimento passa a ser realizado no Hospital São Roque. “Todos que saírem de Jacinto Machado por algum motivo e forem para cidades onde há a maior circulação do vírus nós solicitamos que, ao retornar, passem pela triagem”, completa o secretário.

Atualmente são seis casos confirmados de covid-19 na cidade e dois deles já recuperados.

Sanitização de áreas públicas

Nesta semana funcionários da prefeitura de Jacinto Machado também realizaram a desinfecção de vias e demais áreas públicas para reduzir a possibilidade de contágio pela covid-19.

Segundo o prefeito João Batista Mezzari, o Gaiola, a administração municipal está intensificando as ações de combate ao coronavírus. Ele também destacou a importância do trabalho de sanitização. “Espaços de maior circulação foram desinfectados e este será um trabalho contínuo, realizado por funcionários da Secretaria de Obras”.

0 Comentários

Comente essa publicação