Para quem quer vivenciar todo o processo da fabricação de melado, açúcar mascavo e puxa-puxa, o casal Aderval e Terezinha Cardoso, da comunidade de Serra da Pedra, em Jacinto Machado, abriu as portas de sua propriedade e passa a receber turista

Além de participar e auxiliar em todas as etapas, os turistas e visitantes vão conhecer um pouco do dia a dia do casal através do turismo de experiência. E para oficializar o início das atividades, um grupo de convidados passou o dia na propriedade. O turismo de experiência já existe há alguns anos e foi o foco do agricultor Aderval, conhecido como Val, quando resolveu investir na área. “Eu já fabrico o melado, o açúcar e vendo nos mercados, feiras e para quem vem buscar aqui em casa, mais eu queria algo mais, queria que o visitante conhecesse todo o processo. Foi assim que surgiu a ideia de preparar um espaço e receber os turistas para que eles pudessem conhecer o meu dia a dia e levar não só o açúcar que fabricamos, mas a minha vivência”, conta Val.

Na visita à propriedade, o turista vai até a roça de cana de açúcar e acompanha a sua colheita. Lá é servido um café, nos moldes da roça, em uma cesta e com produtos fabricados ali mesmo na propriedade rural. Depois os visitantes ajudam a moer a cana e com o caldo de cana pronto, inicia o processo no fogo, que dura até três horas. Como mágica o caldo verde se transforma em um caldo em tons dourados e logo em seguida já está pronto o primeiro derivado da cana: o melado. O próximo passo é esperar o ponto do açúcar e da puxa-puxa e se deliciar com os produtos recém feitos. 

Entre os participantes estava o secretário de Turismo José Carlos Zanatta, o Zecão. “Sabemos do potencial que a propriedade do Val e Terezinha possui e somos parceiros para contribuir com o desenvolvimento do turismo de experiência em Jacinto Machado”, completa.

Os extensionistas da Epagri local também acompanharam o processo.  “A alegria estampada no rosto do casal, a simplicidade na acolhida, a hospitalidade e o amor ao trabalho foram evidenciados neste dia muito agradável. Só fica o agradecimento pela oportunidade”, frisou o extensionista Alex Roesler.

Participaram da primeira visitação aberta ao público o secretário de Turismo José Carlos Zanatta, a secretária de Administração Ana Klock, a assessora de imprensa Itaionara Recco, os extensionistas da Epagri Aline Hahn, Fernando Locks e Alex Roesler, o presidente da Cooperja Vanir Zanatta, a funcionária da Cooperja Camila Pereira Possamai Della, e os guias Joares Recco Furlanetto e Bruna Teresa. As visitas podem ser agendadas diretamente com o casal pelo fone 988069388.

O que é o turismo de experiência

O turismo de experiência é voltado para viajantes de todas as idades que tenham interesse em investir em uma nova forma de viagem, priorizando atividades que envolvam imersão em temas como história, cultura, gastronomia etc. 

Publicações relacionadas

0 Comentários

Comente essa publicação