Erros na Decoração

Você sabia que muitas vezes os erros na decoração são responsáveis por comprometer um ambiente que recebeu ótimas peças? Então faremos uma série de posts falando sobre os maiores erros, e hoje iniciaremos com:

Erros nas proporções

Nas nossas visitas aos clientes, é muito comum vermos o uso errado das proporções e diversas vezes, simplesmente ao trocarmos as peças de lugar já muda tudo. Analise isso na sua casa também.

Nichos grandes e decorações pequenas 

Quando um nicho é bem baixo e largo, podemos usar uma peça mais baixa mas que abranja quase toda a largura. Mas a maioria dos nichos mais proporcionais, exigem um cuidado especial. Por exemplo, um nicho com altura de 30cm, ele deve receber pelo menos uma peça que tenha 2/3 do seu tamanho, ou seja, uma altura de 20cm. Assim o objeto mais alto passará um pouco da metade. Uma peça muito alta, quase encostando na parte superior do nicho também não fica legal.

Veja abaixo: A primeira foto mostra que as peças são baixas demais para a altura do nicho, já a segunda imagem retrata uma boa proporção de peças.

                         

Mesa de Jantar com arranjo desproporcional 

Os arranjos de mesa são, muitas vezes, ponto central de uma decoração. Devemos cuidar muito dessa proporção. Arranjos pequenos em mesas grandes desmerecem o conjunto. O contrário também acontece, muitas vezes vemos arranjos muito amplos para mesas pequenas.

Veja abaixo: A primeira foto mostra um arranjo muito pequeno para a mesa de jantar, a segunda, tem o arranjo harmonizado no contexto.

Sofá grande com quadros pequenos, ou vice versa 

Um outro erro muito comum é o tamanho dos quadros. O tamanho dele (ou conjunto) não deve ultrapassar a largura do sofá. O erro mais tradicional é vermos quadros pequenos, por isso mostro nas imagens essa situação.

Veja abaixo: A primeira foto mostra que a escolha dos quadros para o sofá em questão, foi errada por apostar em tamanhos pequenos (além de uma colocação muito alta, nesse caso). A segunda foto já mostra uma relação mais harmoniosa nas medidas.

       

Tapetes pequenos 

A escolha do tapete é fundamental para o sucesso de um ambiente. Tanto nos quartos, sala de jantar, circulação ou sala de estar. A falta de alguns centímetros pode fazer muita diferença. É muito difícil vermos a escolha errada por ter optado por uma peça maior, a maioria das vezes, falta tapete. Em uma sala, ele deve ficar pelo menos 10cm embaixo do sofá e passar pelo menos 10cm pra cada lado do sofá, isso deve acontecer igualmente caso tenha poltronas no mesmo ambiente. Já com relação ao móvel da TV, o ideal é que o tapete encoste nele. Obedecendo essas regrinhas básicas, seu ambiente parecerá maior pois mostrará menos piso e também ficará mais clean e sofisticado.

Veja abaixo: Na primeira imagem a versão errada da escolha. Um tapete pequeno que não alcança nenhum dos móveis. Na segunda, já percebe-se que ampliou o ambiente e ficou tudo mais conectado.

Mobília Grande p/espaços pequenos 

Quanto menor for um ambiente, mais cuidado devemos ter com a escolha dos móveis. O espaço deve ser funcional, ter as peças necessárias para que você tenha conforto mas não da pra fazer milagres com medidas. Existem vários macetes que podem trazer essa sensação de ambiente maior sem abrir mão de uma peça um pouquinho maior. Uma delas é usar, na sala, uma mesa lateral que transpasse o braço do sofá. Dessa forma, não precisa abrir mão da mesa lateral, ou escolher uma mesa tão pequena. Esse modelo, por ter seus pés que entram embaixo do sofá, ainda permite que seja usada pra fazer um lanche ou usar o notebook quando estivermos sentados.

Um outro macete, é escolher um sofá que tenha os braços mais estreitos. Isso vale também na escolha das poltronas. Esse modelo abaixo, é uma poltrona que acolhe até duas pessoas e tem os braços bem estreitos. Esses braços mais estreitos estão em alta, além disso, são charmosos e funcionais.

Não podemos também, deixar de cuidar, quando temos um espaço muito amplo. O tamanho dos móveis deve ter relação com o tamanho do ambiente. Espaços amplos com peças pequenas não trazem conforto além de comprometer a estética.

Cuide das proporções! Olhe pra sua casa e reflita sobre isso. Faça testes e tire suas próprias conclusões.

Abraço e até breve.

 

 

0 Comentários

Comente essa publicação